15 de set de 2010

INTENSO AMOR

O Amor não se escreve nasce por si só
É como sino que toca a melodia bela
De corações que tocam uma nota em dó
Criação de Deus dado as criaturas da Terra

No suave perfume,uma tarde de sexta
Em seus cabelos que viram flores
Um corpo que se torna um dos muitos amores
Toda dor passa,apenas a do amor não se esqueça

Somos tudo aquilo que sentimos,tudo tem sua graça
A chuva que cai na rua molhando cada rosto
Por trás da vidraças a lágrima tem o mesmo gosto
O calor que sai da boca se faz fumaça

Um olhar na distante tempestade que faz cinza o céu
A paixão que dói,não encontra apoio no amor
Só o que é intensamente puro,tem sabor de mel
Quando se ama,não se escreve a alma a palavra dor

Template by:

Free Blog Templates