16 de set de 2014

O LADRÃO DE ESTRELAS

Quando anoiteceu no reino dos Unicórnios onde os moradores era do tamanho de um grão de milho,todos olhava para o céu,será que a conjunção dos planetas finalmente acontecera ou os dois Sóis chegaram para alinhar o universo.Dizem que as pessoas só olham para o céu quando se apaixonam.Mas não era nada disso,no céu havia pequenos buracos,como em minas de diamantes.Ninguém entendia o que aconteceu..As estrelas haviam sumido,não havia mais nenhum brilho no firmamento..Noites se passaram e o céu continuava vazio..Houve uma ideia entre os pequenos moradores daquele vale,cada pequeno homem se alistaria e voaria até o céu montado em libélulas mágicas e voariam até o limite do universo em busca de uma reposta.Escolheram a noite em que a Lua vermelha brilhava e desta forma nenhum deles se perderia na imensidão.Ao chegar no teto do céu,observaram que ainda restava uma pequena estrela.Combinaram de ficarem escondidos e assim descobrir o que estava acontecendo.Foi quando ouviram um pequeno barulho e um pequeno brilho riscando o céu.Seguiram então o pequeno brilho que os levou de volta a terra dos Unicórnios Poeira de estrela salpicava o chão,aquele rasto os levaram até um pequena casa que brilhava mais que o Sol,não entendiam com antes não viram aquele brilho por detrás das montanhas,talvez por quer estava tão distraidos olhando para o alto que esqueceram que as vezes coisas boas estão do nosso lado e nem percebemos..Foi quando ao olhar pela janela uma luz quase os cegaram e o pequeno homem abriu a porta.E de lá pode se ver que toda sala estava enfeitada de estrelas..HaviaM descobrido onde todas as estrelas foram parar..Não entendia como todas aquelas estrelas foram parar ali..Então o pequeno homem disse que quando todos dormiam ele voava em sua libélula mágica até o céu e roubava cada estrela .E que fazia isso para que nunca mais dormisse e assim não pudesse mais sonhar...Dizem que até hoje quando uma estrela risca o céu em foram de estrela cadente,São as estrelas crianças que correm para a casa do pequeno homem para ouvir velhas histórias.

Template by:

Free Blog Templates