8 de dez de 2011

A chegada de Efisel


O ódio brotava de seu coração,sentia-se excluído,mas mesmo naquele coração duro como rocha,um sentimento bom  parecia ainda remanescer ,mas que Efisel logo exterminou de seu peito,expulsou seu lado de anjo bom para além da mais distante galaxias ..Desde da idade média que Efisel não se reunia com os outros anjos..
Sua missão sempre foi a de ser o lado escuro de Deus,o pregador de guerras o senhor da fome e a causa primaria de todas as doenças..
Eriel sentiu a presença de seu irmão Efisel ali,as lágrimas começaram a escorrer de sua face,lembranças de milênios atrás,lhe trouxeram sentimentos,de um tempo em que tudo era sem forma e sem luz
Efisel caminhava em direção de Deus,seus passos eram ouvido por todos,o silêncio tomou a imensidão do éter.. Cada passo que ele dava raios e relâmpagos se propagavam ,seu caminha denunciava também seu poder...Diante de Deus agora,o todo poderoso frente a frente daquele que por seculos foi menosprezado,mas quem sem ele o equilíbrio do universo não seria nada..

7 de dez de 2011

Pagina 1

-Cala-te anjo!!
-Perdão meu pai!!

Com a cabeça baixa o pobre serafim estranhou o semblante preocupado do todo poderoso..
Uma nuvem de legião de anjos se aproximavam do monte Sião,o então repouso universal,em breve teriam seus alicerces estremecidos,ao longe uma outra nuvem de demônios se aproximavam,o dois lados de Deus novamente juntos,a luz e as trevas,o bem e o mal ,a vida e a morte o começo e o fim..
Diante de  Deus o príncipe dos anjos,o cavaleiro eleito Eriel,pede a palavra...
Em uma pilastra bem distante da luz que radiava de Deus,estava Efisel,o príncipe do demônios,o primogênito do anjo caído..

                                     
                                                           ..continua...

6 de dez de 2011

O COMEÇO


O dia começa com um cheiro de fumaça,de longe pode se ver uma fileira de pequenas chamas,o vento traz fuligens estranhas que adormecem  sobre a folhagem daquilo que um dia foi uma floresta..
Eriel sente frio,sente que seu corpo carrega marcas da batalha do dia anterior,abutres devoram os corpos que se amontoam pela estrada daquele vilarejo,mais adiante anjos mortos..Eriel nunca imaginaria ver anjos mortos e olhando para imensidão do céu lembrou-se daquele dia.....
-Deus!Meu senhor!O que tanto te preocupa? Potestades de todas as dimensões sentem a desarmonia vinda de sua tristeza..
Cale-te meu filho!
A face de Deus transfigurada assustou o anjo servo..
Algo estava preste a acontecer,estrelas começaram a morrer,buracos negros engoliam toda luz que vinha das lágrimas de Deus..


                                                               ....continua...

3 de dez de 2011

Eriel.O anjo guardião..


Anjo caído,longe de casa,meus pés sangram..A latitude não me lembro mais,tenho agora fome,frio e solidão..A chuva que cai queima minhas asas,me abrigo debaixo de uma macieira.As estrelas cortam o céu,assim como corto meu pulso na esperança de voltar para o céu..O sangue marca minhas pegadas por lugares estranhos..Estou em mundo sem ninguém,a isolação me faz sentir medo..Onde estou? Nada se parece com meu lar,há ossos pelo chão,o ar tem gosto de acido..Uma guerra exterminou toda raça humana..EA um outra guerra se inicia no universo anjos caídos e potestades celestiais em breve,começaram a batalha pelo trono divino..E deus?Por onde anda?
Começa aqui a saga de um anjo o único capaz de resguardar um tesouro,mas que poder tem ele,onde ele se encontra?..
Respostas para tudo isso em breve ...

29 de nov de 2011

Felicidade




Um dia de felicidade
uma saudade
que toca
um coração
tão longe
quanto as estrelas.....

26 de nov de 2011

Equação de uma vida


Como te amo,se ao menos soubesse disso,se escrevo é com a intenção que saibas o que se passa na minha cabeça ultimamente...Sinto tanto sua falta,escrevi que não sou suficiente bom pra você..Na verdade queria dizer :OLHA PRA MIM,VEJA,ESTOU AQUI!!!
Existe um equilíbrio distante entre nós,que pende para apenas um lado,carrego o mundo em minhas costas,os oceanos escorrem pelo universo..Nuvens zoológicas me distraí,vejo camelos,elefantes ,desenho tudo nas nuvens ...Quando vem aquela vontade de falar com alguém,vem junto a vontade de falar só com você..
Estou perdendo a pratica de amar,se o amor algum dia existiu em mim..A culpa foi toda sua,desfez teias de aranha que cobria cada canto deste sistema cardiovascular,não entendo de anatomia,só estudei as camadas de sua pele e nada mais...
Prometa que quando me esquecer sempre lembrará de não me esquecer..
Já me acostumei com a ideia de esquecer você,nem sei como é seu nome,nem me lembro mais de sua voz..E pra ser sincero estou cada vez mais mentiroso..

19 de nov de 2011

O Anjo Sem Asas


Estou cansado,o que vejo é apenas o Sol queimar minha asa,estou perdido neste mundo de humanos insensatos,a mentira tomou o coração como um assaltante..O amor que antes era uma parte das pessoas hoje é apenas uma palavra..De longe,lá perto das estrelas Deus chora,suas lágrimas cortam o céu em forma de cometa..A indiferença dói,corta a alma, preciso de salmora para aliviar as feridas que trago..O mundo se perdeu na inveja,no ódio e no preconceito.. Não posso voar,tenho apenas uma asa,sou andarilho das galáxias,..Tenho fome e nem um pão me dão,tenho sede e apenas minhas lágrimas me saciam..Corro contra o vento, meus pés destroem o jardim,piso em minhas irmãs rosas..Não tenho mais o dom de ser guardião,não posso ser protetor de mim mesmo..O anjo de uma asa,sem coração e sem lar..Quero a morte,mas Deus não me ouve,o som dos trovões tapam seus ouvidos e os raios cegam seus olhos..Não sou um anjo caído,não quero o poder do conhecimento,quis apenas amar,deu meu lado direito,dei minha asa,a asa que me guiava,que me protegeu em Jerusalém,que me fez guiar a estrela de Davi..Hoje tenho a aparecia humana,todos riem de mim,o anjo sem asas,repulsivo no mundo angelical..Não me toque,minha maldição é nadar pelo vale da sombra e da morte e todo perigo será pouco,,Deixei de amar o Alfa e o Ômega,o principio e o fim,troquei a imortalidade por um amor,que me me fez morrer.

14 de nov de 2011

A Menina Que roubava Livros

Não me façam feliz. Por favor, não me saciem nem me deixem pensar que alguma coisa boa pode sair disso. Olhem para meus machucados. Olhem para este
arranhão. Estão vendo o arranhão dentro de mim? Estão vendo ele crescer bem diante dos seus olhos, me corroendo? Não quero ter esperança de mais nada.


11 de nov de 2011

Rabisco

Do papel poroso eu te crio,imagino seus cabelos e traço em teus olhos meu horizonte..Seus braços que faço abstrato,teu rosto és arte pura.Retraço seu retrato,perfeita simetria.A conjunção da mais bela harmonia em luz e sombra..Rascunho teu nome,apago meu erros,copio meu sentimentos,me lanço em cada linha.Destilo minhas lágrimas e da saudade crio tintas.A arte imita a vida,do giz ao lápis,da presença a distância,do papel a tela..Desenho você pra mim e meu coração é compasso marcado,o que sinto por você não se mede,não se escreve.não se esquece..

2 de nov de 2011

Durma Com Os Anjos Menino


Seus sonhos são tão pequenos,ele gosta de assistir televisão e ver as pessoas passarem pela rua..Da sua janela tanto sonhos se vão,um dia lhe disseram para acreditar nos sonhos e sempre buscar a felicidade ..Só que hoje ele se sente vazio.Seus amigos, foram embora,seu único amor jamais o notou,na velha caixa de sapato,o nó do barbante se desfaz,envelopes e folhas de caderno é tudo que ainda lhe tira um sorriso tímido..Aquele menino anda estranho e quieto só que ninguém nota..Reler o que um dia foi uma suposta prova de amor,letras que seus olhos míopes ver embaçadas..Sente saudades dela,daquele seu sorriso correspondido,mas como tudo,ela se foi,se foi junto com a chuva ,se foi com ela um dia que nunca deveria ter se acabado,as vezes um dia que nunca devia ter existido,mas existiu...Aquele menino chorou pela ultima vez,aquele menino leu o rotulo daquele vidro,que dizia para ter cuidado..O amor devia vim com um rotulo também,estampas grifadas dizendo "PERIGO DE MORTE"..Aquele menino beijou aquele vidro,,agora não sente mais dor,aquele menino agora não pode mais chorar,aquele menino agora dorme em paz,aquele menino agora é um anjo que Deus cuida..


26 de out de 2011

Solidão

Corro pela rua,estou sem direção,uma bússola sem o norte,um avião sem asas,se ao menos soubesse chorar,esta dor ao certo me abandonaria..Não quero dormir sozinho,tem um monstro embaixo da cama,meus sentimentos são figurinhas repetidas.o universo todo caiu sobre meus ombros..Já não sou um anjo,já não sou um homem..Minhas unhas machucam meu peito,quero arrancar fora meu coração e junto este amor,que se sufoca em um sacola de supermercado..Não escolho meus sentimentos,não sou dono deles e nem são meus escravos..Não decidi te amar,como se escolhe uma roupa..O amor brotou em meu ser,como um pé de jabuticaba,suas raízes arrebentaram toda calçada,que fiz na porta do meu coração pra te receber..

Não te prometo o céu como um poeta insano,muito menos te comparo com a Lua..Apenas receba meu amor,seja ele uma carta que alguém espera a meses,e quando o carteiro chegar,toda natureza o acompanha só pra ver um sorriso..Farei um pacto com a vida,darei a minha vida por ti,coloque pregos em minhas mãos,não quero uma coroa de espinhos,meu coração já tem a sua..



Escute apenas,por um segundo,um suspiro,um gole,uma lágrima,uma voz,um silêncio,uma dor...

18 de out de 2011

DEPRESSÃO ATO 1


Quero acordar deste pesadelo,meus pés estão cheios de lama,nem percebi que ontem choveu.Por onde ando sinto todos me olhando o que fizeram de mim,e o que estou fazendo destas sobras..Quero sair de mim,parar de sentir tudo que não entendo mais..Agora consigo chorar,as lágrimas fazem meu rosto arder,cortam minha face como arame farpado que protege um coração abandonado.,Sobre o céu existe muito além do que anjos,sobre a terra existe muito mais que o demônio da solidão..Meus pulso sangram tão devagar,uma poça de sangue mancha todo o carpete,por minha causa amanhã teremos visitas em casa..
 Sei tão pouco sobre os outros,minha natureza humana tem seguido  destinos um tanto mórbido..Espero que amanhã seja diferente,não gosto de me sentir assim,tudo passa tão devagar lá fora,mas dentro de mim o mundo gira depressa demais,minha alma se diverte em um parque de diversões,há fila na roda gigante,tem algodão doce...
Estou voltando pra casa,estou tentando viver,mas está sendo foda resistir a tudo,sei que não é fácil..Tomara que o Sol tenha mudado de lugar,não gosto quando seu brilho entre pela fresta da cortina e teima em me avisar que ainda estou vivo..

12 de out de 2011


Um medo ?Crescer. 
Por que ?
Por que os adultos sempre tem o coração partido, e eu não quero ter o meu coração partido e muito menos partir o coração de alguém. Isso deve doer muito
.

11 de out de 2011

Amor..

Se não me quiser por perto, tudo bem, posso ir embora. Só se cuida amor? Diz pra mim que vai dormir na hora certa, vai se cobrir nas noites de inverno, não vai esquecer de olhar para os dois lados antes de atravessar a rua. Promete que vai estudar, não vai desistir de viver e não vai deixar ninguém te fazer chorar […] Promete que vai se lembrar de mim até quando sua maior vontade for me esquecer? E eu vou estar aqui pra te proteger, até mesmo quando você não me quiser mais

10 de out de 2011

Dias


Quero não deixar de pensar em você,vejo todos os dias sua foto colorida,mas em meu coração sua imagem esta amarelando,sumindo aos poucos seu sorriso..Tão pouca coisa boa ficou comigo,tão poucas lembranças consigo preservar..Ainda tenho a velha mania de fingir que está tudo bem,de ser o mais forte dos humanos..Mas quando cai a noite tudo vira em meu peito,tudo me faz sentir ânsia,não tenho me cuidado como devia.Tenho matado o tempo,na verdade acho que tenho me matado aos poucos,estou tão amargo estes dias,uma visão do paraíso tem me feito aceitar mais minha vida..
Quem sabe amanhã,tudo fará sentido,nem que seja por brincadeira...

3 de out de 2011

A melodia de um reencontro







Feito música, tua voz em notas graves invadiu a minha alma
E meu peito acelerado descompassou nessa canção.
Entre bemóis e sustenidos, te ouvi pedindo calma,
Ao ler feito partitura o som da minha inquietação.

Entre passos e compassos,
Revivi nossa antiga melodia.
Te senti mais uma vez no meu abraço,
E dançamos como fora no primeiro dia.

Mas na escala da esperança,
Não ouvi agudo tom.
Pois teu grave, tão contido,
Me negava audível som.

E no fim dessa canção, composta em um reencontro,
Não fizemos com sucesso, esse dueto lado a lado.
Pois notando a ilusão em teu olhar se despedindo,
Minha boca solfejou mais um adeus desafinado.


Gil Façanha

28 de set de 2011

TEU ROSTO

Mostra-me teu rosto,,quero ver sua face,me mostra o brilho dos seus olhos para que eu possa ter uma direção,mesmo que seu rosto tiver uma lágrima,a beijaria para sentir seu doce sabor,deixe ver seu rosto quando tiver alegre,mesmo que seja um sorriso disfarçado,mas será um sorriso para mim,me mostre teu rosto quando a noite chegar assim terei além da lua,tua imagem refletida na poça d¨água que a chuva da madrugada formou,não quero o céu,não quero voar,quero apenas ver seu rosto pois do que adiantaria voar até o céu se o que me traz pra terra é o querer de te ver...só uma coisa deixe eu te ver..pois meus olhos te procuram no infinito e toca meu rosto..
                                                            
                                                            Ronalldo Fernandes


    


21 de set de 2011

Cidades dosSonhos


Sonhei que vivia em casa acima das nuvens,perto das estrelas que acendia como um abajur,cometas passavam rapidamente e deixa sua poeira que entrava pela porta e acumulava por todo canto e eu tinha minha própria constelação no teto do meu quarto.Minha casinha vivia viajando pelo espaço,encontrei Órion,Ursa menor,viver assim seria o sonho de qualquer um.Mas algo me fazia falta..e era você..Do que adiantava ter o Sol perto se não podia;ao teu lado,ver-lo se pôr.A Lua não tinha aquele brilho formado em teus olhos.Ao meu redor Galáxias,a Via Láctea..nada disso tem valor se minha maior estrela,estava tão longe de mim..e não pode compartilhar este sonho comigo!

Ronalldo Fernandes




                      Jardim Mágico


Um olhar traduzido em musica,notas compostas pelo vento que em harmonia com a  manhã,se prepara para te receber,cada nascer do Sol é um modo da natureza  lhe dizer seja bem vinda.Cada jardim tem sua presença ,girassol da cor de seu cabelo,margarida como tom da sua pele,jasmim que te espera passar para sentir o seu perfume,sem falar nas rosas brancas que ficam vermelhas de vergonha por lhe ver passar.Tu és a Primavera em uma tarde de Outono que o Verão roubou para lhe aquecer no Inverno!  


         Ronalldo Fernandes






               

13 de set de 2011

Canção de Ninar


Ela o pois para fora, como as cinzas de um cigarro da meia-noite.
Ela quebrou o coração dele, que gastava a vida inteira tentando esquecer.
Nós prestamos atenção vendo ele beber, afastando a dor um pouco de cada vez,
Mas ele nunca poderia beber o bastante para tira-la de sua mente,
Até a noite.

Ele põe aquela garrafa em direção a sua cabeça e puxado o gatilho,
Finalmente bebeu afastada sua memória.
A vida é curta, mas desta vez esteve maior,
Do que a força que ele tinha obtido para levantar seus joelhos.
Nós o encontramos com a cara para baixo no travesseiro,
Com uma nota que dizia: ?Eu a amarei até a morte.
E quando nós o enterramos abaixo do salgueiro,
Os anjos cantaram uma canção de ninar

Os boatos voavam, mas ninguém soube o quanto ela se culpou.
Por anos e anos, ela tentou esconder o whisky em sua respiração.
Finalmente ela bebeu afastando sua dor um pouco de cada vez,
Mas ela nunca poderia beber o bastante para tira-lo de sua mente,
Até a noite.

Ela põe aquela garrafa em direção a sua cabeça e puxado o gatilho,
Finalmente bebeu afastada sua memória.
A vida é curta, mas desta vez esteve maior,
Do que a força que ela tinha obtido para levantar seus joelhos.
Nós a encontramos com a cara para baixo no travesseiro,
Agarrada a seu retrato para querida vida.
Nós a colocamos ao lado dele abaixo do salgueiro.
Enquanto os anjos cantavam uma canção de ninar 


30 de ago de 2011

lua


Hoje meu céu de Novembro está vazio,há uma lacuna onde deveria está minha Lua,pequenas estrelas choram,o universo parece ainda maior sem tu Lua.Hoje meu céu de astronauta não há beleza..Hoje meu céu de Ícaro não tem poesia...A força que nos atraia é apenas hoje teoria,sou corpo celeste solto na imensidão do éter.Te fiz um espelho com poça d água que a chuva deixou,uma estrela cadente salpica com mexas brilhantes dos seu cabelos,risca o universo com as cores douradas dos seus cabelos.Sou um garoto órfão,que espera na janela do quarto que você apareça,meu coração está tão frio,não por quer chove lá fora é por quer assim que a tempestade passar o céu voltará a brilhar,mas não terá você para me alegrar e mais uma noite meus sonhos não terão luar..

24 de ago de 2011

Borboletas


Palavras nascem da boca assim como uma borboleta de seu casulo,por um certo tempo sua beleza fica envolta no silêncio da noite,consumida pelo frio da madrugada,pelo sereno primaveril.Mas é chegada a hora em que a palavra,guiada pela luz,abre suas asas multicoloridas,o movimentar do falar se mistura com o vento,enfim a palavra aprisionada se faz vida,colorindo cada alma,cada coração.Levando consigo o perfume do amor,da amizade e carinho.Quando se aprisiona uma borboleta ela morre com a palavra não dita,diante ao um rosto com lágrimas.De um coração cheio de dor,não faz morrer,,mas se fechar em um casulo..Em que nada se espera nascer..Do que adianta um jardim de sentimentos se não há o que pousar nele,se não existe quem o visite em todas as manhãs de setembro.Faça da palavra amar uma boboleta que todos os dias mude de cor e seja eternamente livre....


"amor é o ridículo da vida. A gente procura nele uma pureza impossível, uma pureza que está sempre se pondo. A vida veio e me levou com ela. Sorte é se abandonar e aceitar essa vaga ideia de paraiso que nos persegue, bonita e breve, como borboletas que só vivem 24 horas. Morrer não doi."

"Cazuza" 

23 de ago de 2011

VEM ME ABRAÇAR

 
Ele só quer um abraço,ele apenas quer esquecer como foi o dia,sua tristeza tão bonita se vestiu toda de cinza.
Ele só quer um chance,ser normal e nada mais,sua mente foi invadida por seres de outro planeta e tudo ele esqueceu..Mentira!!Ele quer apenas não se lembrar mais dela,poder sentir seu coração através do espelho,mas o que ele ver é apenas um ser sem alma,sem alegria,sem vida..Hoje não há sonhos pra ele,tudo de bom lhe foi privado,o destino que minuciosamente arquitetou sua vida inteira,errou apenas um fato,um simples detalhe,que ele sairia ferido,que ele teria o coração machucado,que as lágrimas seriam dele,que a solidão pularia o muro todas as noite e o pegaria de assalto..
Ele só queria você,será que é pedir muito,não sei contar estórias,não sei fazer feliz,pois assim soubesse lhe daria o melhor conto da fadas..Mas sou apenas um anjo,um mensageiro de Deus,que descreve um personagem,que relata as estrelas a pequena vida dele..Ele;apenas um na multidão,ele apenas um pronome nos meio de milhões de outros nome.Ele quem é?Não sei..Quem sabe amanhã quando ele orara aos céus,eu possa ouvir seu nome,se assim seu choro deixar.. 

19 de ago de 2011

A menina que roubava livros


O ser humano não tem um coração como o meu. O coração humano é uma linha, ao passo que o meu é um círculo, e tenho a capacidade interminável de estar no lugar certo na hora certa. A conseqüencia disso é que estou sempre achando seres humanos no que eles têm de melhor e de pior. Vejo sua feirúra e sua beleza, e me pergunto como uma mesma coisa pode ser as duas. Mas eles tem uma coisa que eu invejo. Que mais não seja, os humanos têm o bom senso de morrer.

16 de ago de 2011

O que mais dói

Eu consigo aguentar a chuva no teto desta casa vazia, isso não me incomoda
Eu posso tirar algumas lágrimas agora e depois apenas deixar elas rolarem
Eu não tenho medo de chorar
De vez em quando em um tempo, mesmo pensando que continuar sem você me chateia
Há alguns dias
Como agora e novamente, em que eu finjo que estou bem mas não é isso que me incomoda

O que mais dói, foi estar tão perto
E ter tanto pra dizer
Ver você indo embora
E nunca saber, o que poderia ter sido
E não ver que amar você
É o que eu estava tentando fazer

É difícil lidar com a dor de perder você em todo lugar que eu vou
Mas eu estou fazendo isso
É difícil forçar o sorriso quando eu vejo nossos velho amigos e estou sozinho
Ainda mais difícil, me levantar, trocar de roupa, viver com esse arrependimento

Mas eu sei que se pudesse fazer isso novamente
Eu trocaria, daria todas as palavras que eu salvei em meu coração, que eu deixei não ditas

O que mais dói, foi estar tão perto
E ter tanto pra dizer
Ver você indo embora
E nunca saber, o que poderia ter sido
E não ver que amar você
É o que eu estava tentando fazer,,

8 de ago de 2011

Sentimentos


Aceite-me como eu sou,não importa como eu seja,esta minha aparência um tanto estranha seja invisível aos teus belos olhos..Queria ser exatamente como você imagina,mas não posso,nem tudo é como queremos..Mas uma coisa eu sei,nunca deixarei de cultivar em meu coração a primeira vez que eu te vi,tento fugir deste sentimento,lançar fora de mim tudo que me faça lembrara você..Só que não consigo,e mesmo que pudesse tirar você de dentro de mim,minha alma se sentiria abandonada,esquecida..
O que sonho talvez não queira saber,o que sinto talvez não se importe,de tudo fica estas palavras,um amontoado de ideias sem nexo..

4 de ago de 2011

Homem De Lata



Preciso de um coração,que possa neste vazio do meu peito caber,há muito tempo sentia o calor e o frio dos dias,hoje nada posso sentir..Cansei de andar por ai,ouvindo todos dizerem:
-Lá vai o homem sem coração!!
Nem uma miserável  lágrima posso derramar,injusto mundo este que me fizeste reluzente,mais brilhante que as estrelas e gelado como um iceberg..Para a cidade das Esmeraldas o caminho é distante,quem sabe neste mundo mágico de Oz possa está um coração que me sirva..
Tantos corações alheio quis conquistar,sem perceber que não tinha nenhum, há um vasto deserto em minha mente,não tenho lembranças e nada que me faça lembrar como é meu coração..
Ouço uma vez que vem de longe,que mal posso ouvir, sussurrando baixinho:
-Você perdeu uma das coisas mais importantes da vida, o amor.
Quero de novo me apaixonar,por isso lutarei,em cada parte irei buscar este coração alado que me complete e me faça humano de novo..


Ronaldo Fernandes


2 de ago de 2011

SIMPLES AMOR



Eu poderia está por ai roubando,assaltando,mas não,estou aqui morrendo aos pouco,pedido em meio a multidão por um pouco de atenção..Qualquer trocado por um coração machucado,aceito passe,ticket refeição..Tenho dois filhos um chama sonho e a outra ilusão,como meu amor é pobre não tinha nada a oferecer..Em cada noite o sonho,olhava pra mesa e sentia a fome da paixão, a luz de vela iluminava suas lágrimas um dia ele morreu de fome e foi enterrado como indigente,sem a benção de Deus..A ilusão seduzida pelo mundo,foi usada e descartada,vendeu seu corpo em troca de pequenos gestos,ouviu promessas e estórias e hoje pelas esquinas leva em seu rosto a marca da tristeza..
Quando eu voltar pra casa,terei apenas as lembranças de um dia em que fui rei,tive as estrelas como anel,fui imperador de ti minha imperatriz..Hoje não tenho lar,não tenho para onde ir,ficarei aqui na calçada esperando você voltar..

1 de ago de 2011

Last Act-Último Ato




All over again the same story, same plot, same actor, only the actress who was once outra.Mais would I interpret this part that gave me life, knowing by heart every line, every act, every gesture, but yet again reassembled the theater of love.
Author whose fate and disillusionment toward open my heart, which was closed after more than a part failure, little did I know that this would be a retired ultima.Depois, everything that was old was taken especially for this new old operation, the stage is set, the expectation of a new opening, lights on, opened the curtains ... and the silence took care of everything .. the public who witnessed the greatest love story of all time ... it would not venho.O humor, romance, adventure ... the most finished of all tragedies .. And for lack of atuação.as curtains closed, the lights went out ... came not the applause did not come .. the laughs do not come kiss .. .. .. nothing was staged in fact there was never a theater, there was never a scene .. just because the actress failed to appear .. and sitting and was the only actor that life continues to give the same role ... without at least give a happy ending ..





Tudo de novo ,a mesma estória,o mesmo enredo,o mesmo ator,só a atriz que era outra.Mais uma vez quis eu interpretar esta peça que a vida me deu,sabendo de cor cada fala,cada ato,cada gesto,mas mesmo assim mais uma vez remontei o teatro do amor.
Que tem como autor o destino e a desilusão na direção,abrir meu coração,que estava fechado depois de mais uma peça fracassada,mal sabia eu que esta seria a ultima.Depois de reformado,tudo que havia de velho foi retirado,especialmente para essa nova velha atuação,o palco esta preparado,a expectativa de uma nova estréia,luzes acesas,abriram-se as cortinas...e o silêncio tomou conta de tudo..o público que presenciaria a maior estória de amor de todos os tempos...não venho.O que seria humor,romance,aventura...terminou na maior de todas as tragédias..E por falta da atuação.as cortinas se fecharam,,as luzes se apagaram...não veio o aplauso..não veio os risos..não venho o beijo..nada foi encenado..na verdade nunca houve um teatro,,,nunca houve uma cena..simplesmente pois a atriz não compareceu..e sentado e só ficou o ator que a vida continua a lhe dar o mesmo papel...sem ao menos lhe dar um final feliz..

31 de jul de 2011

DOCE DOR...


Hoje uma dor imensa atropelou meu coração,é como se um ônibus atropelasse minha alma em plena madrugada e se ouvisse apenas os freios e ninguém aparecesse para socorre-la..Sei que ainda insisto em certas coisas,talvez seja carência,como diz uma amiga minha.Não sei ao certo o que seja,mas espero em breve descobrir..O que mais me incomoda é este vazio que sinto,tento entender o que acontece comigo,não acredito muito em destino ou coisa assim..Talvez seja que Deus ou quem rege nossas vidas,seja uma criança mimada e somos bonecos ao seu bel prazer..As noites tem me dado muito medo ultimamente,um pequeno barulho faz meu coração acelerar..Busco apenas um tanto de sossego,sei que certas coisas tenho desejado demais,então o que me resta é ficar olhando o portão de madeira aqui de casa é esperar..esperar..e esperar..

29 de jul de 2011

Até um Dia

Há dois anos atrás quando comecei a postar neste blog ele ainda se chamava Anjos não choram..E depois deste tempo todo,muita coisa aconteceu e ao mesmo tempo nada mudou...
Recebi muitos comentários e visitas de toda parte inclusive do mundo a fora...
Não sou bom em despedidas e por isso ficarei ainda não sei longe deste lugar chamado lar..Minha saúde esta um tanto abalada e ficar longe daqui será um tanto dolorido,,Agradeço a todos que fazem parte deste lugar..

28 de jul de 2011

Asas de Papel



Estou nu,nesta noite fria de São Paulo,vejo os prédios tocarem o céu,as luzes acessas são pingos em cada quarto,habitado pela solidão..Nas calçadas me vejo entre pedaços de papelão,a chuva  tem gosto de lágrima e saudade..Não consigo enxergar as estrelas,embaixo do viaduto veja no muro,estrelas pintadas..O vento me trás folhas de jornal,são com elas que farei minha nova asa,existe uma poesia escrita neste jornal,uma poesia que fala de um amor impossível,uma poesia borrada..Subo no mais alto prédio,sinto novamente o vento cortar meu rosto,vejo toda cidade onde muitos dormem e nem sabem de mim..Carros que vem e vão,luzes que iluminam o céu,mas ainda não é natal..Nas minhas pequenas asas de jornal,vejo meu nome na sessão de obituário,mas talvez seja apenas um sonho..Vou me jogar no vazio,vou me jogar nos seus braços noturnos,o asfalto frio quer me beijar,minha vida se passa em um segundo,já que não tenho nada pra lembrar..Ouço vozes,não sinto meu corpo,o céu cinza deu lugar a um branco como a neve,mas não sinto mais frio,conseguir voar,mas não posso acordar,parece que estou no céu,o anjo com asas de jornal voltou pra casa...

26 de jul de 2011

Timidez

Estou farto de mim
Estou cheio de ser assim
Estive hoje a teu lado
E senti-me só, apagado

Nem sequer um simples olá
Te fui capaz de dizer
Olhei para ti e lembrei-me
Que de ti não me quero esquecer

E no fim da noite o sentimento é
Só mais uma semana sem te ver
Só mais uma semana só
Ou só mais uma para te perder

Preciso que me digas algo
Preciso de um sim, não ou talvez
Preciso de me libertar
De perder esta timidez

23 de jul de 2011

Só Por Você Eu Vivo

Existe um segredo,existe uma dedicação que guardo nas profundezas do meu coração,um diário secreto de uma página apenas..Não preciso de ninguém,preciso apenas de você,jogo minhas palavras,no doce vento frio desta noite,na esperança que uma pequena fada leve cada gota de um sentimento sem explicação,que se move na emoção,de um ser que sou sem ação..Existo apenas quando você respira,minha alma vaga sem repouso e procura em uma cidade celeste teu corpo,que é meu lar doce lar..Se dizem meu nome não sei quem chamam,só quando pronunciam o seu,é neste instante que sei que existo e que vivo..Sem você sou como uma flor sem Sol,Eu murcho..

20 de jul de 2011

Um Anjo Que Chora

Escute ó Deus o que este pobre anjo lhe pede,minhas pequenas asas estão vermelhas,meu coração sangra..Lança de mim este cálice,este amor impossível que me impede de voar..Além da estrela avermelhada do meu quintal,o que vejo é apenas ela..Da janela do meu quarto abro a aurora boreal,espero minha amada acordar,somente assim que as estrelas podem nascer..Como dói este amor que sinto,quero fechar os olhos e viajar por constelações,segurar sua mão e dizer que está tudo bem,tudo bem...
Sinto frio,o vento que vem de Vênus traz uma saudade dela,já é hora de dormir,logo vai anoitecer,preciso escrever o nome dela no céu,por isso peço Deus,quando eu terminar de colher bilhões de estrelas,faça ela olhar para o céu,hoje nesta noite de inverno enfeitei cada nebulosa com o reflexo dos seus olhos...

19 de jul de 2011

Teatro Mágico

Me abraça forte,seja a parte constante de mim mesmo,a felicidade até então fechada,se abriu em direção do crepúsculo do meio dia..Chegue perto de mim,toque em meu peito,sinta cada batida do meu coração..Encoste seu ouvido em direção da minha boca,tenho tanta coisa pra te dizer,mas agora tudo é silêncio,apenas o começo de uma trilogia,divida em atos,cenas mal editadas,sem direção,em cartaz para uma única e triste apresentação..Não há tempo para ensaios,por isso vou sorrir quando te ver,chorar quando você partir,viver cada minuto ao seu lado,pois quando as cortinas se fecharem,não haverá aplausos a peça terá terminado e não terei você.

13 de jul de 2011

Lembranças e Estórias

Hoje pude sentir toda minha fragilidade,tudo de mim é lembranças e estórias,meu pequeno fardo sobrecarrega minhas costas,duvidas frequentes e eloquentes parecem não funcionarem mais...O quanto de mim joguei fora,o quanto de mim escorreu pelo ralo da pia?
Nem tudo é perfeito,pelo menos pra mim,tenho perdido coisas,que nem me fazem falta..Tenho perdido gente,as quais me fazem tanta falta,pelo menos nestes dias em que me acho como uma luva que somente é lembrada no inverno e passa todo ano em uma gaveta empoeirada..Chego temer pelo futuro,ele se entrega a mim,tão tenebroso e sombrio...Quero e necessito de carinho,da maneira mais condicional e intensa,quando tudo acabar e nada restar parece que terei a sensação que um imenso abismo me engolira e me puxará pelas pernas,enterrando-me até os joelhos e criarei raízes e o musgo verde será meu alimento e do  meu coração brotará um enorme e forte tronco e pelas paredes do quintal uma imensa trepadeira azul protegerá meu castelo de ilusões..l

9 de jul de 2011

Universo Paralelo

Preste atenção nos sinais,em cada palavra que digo,até mesmo nos momentos de silêncio,em que nada é dito,mas tudo é sentido..Me refaço de pequenos momento,de pequenas partes de mim que por acaso há muito tempo atrás,fui partido em mil pedaços..Mas quando penso em você,tudo é diferente,tudo toma forma..Agora percebo o quanto te quero,mas meu querer não é tudo,lá fora o frio me convida..
Tomei decisões que agora me arrependo,mas como voltara no tempo,não adianta consertar o destino,ele pra mim foi implacável.Me resta apenas farelos que meus dedos esmagam e que o vento leva pra bem longe..
Fui até ali,querendo achar o vazio que me roubou tudo,que trocou meus sentimentos no mercado negro,que fez da minha vida mercadoria de troca..Meus sentidos,são frágeis e mimados..Quero uma certeza que me faça em desacreditar em toda esta incerteza que me acompanha e que lado a lado do que sobrou de mim, costuma em afirmar que tudo vai passar...

1 de jul de 2011

Declaração de Amor

26 de jun de 2011

Ab initio o Amor

Tenho a inclinação a não lhe esquecer,se a morte me visitasse e me pedisse a vida por ti,de certo entregaria mais que minha vida.. Dos poucos momentos de lucidez,respiro a doce fragrância do teu corpo.. Busco no vazio do tempo,teu toque que me toca,sou agora um borrão de tinta no papel que muda de forma com o passar das páginas.. Roube meu segredo,é inverno no hemisfério esquerdo do meu peito,ouço suas risadas largas,dispersas em meu pequeno universo imerso,imenso.. Das juras restou promessas rasas,rosas vermelhas,vestidas,quase nuas.. Adivinhe meus pensamentos,invada minha mente,faça a mesma coisa que fizeste ao meu coração,se ação e cheio de emoção,sem noção,saudades da pátria um filho sem nação..

20 de jun de 2011

Uma Canção Que Não Se Ouve

Hoje não consegui cantar,apesar do belo dia não encontrei  nesta manhã melancólica nenhuma inspiração,do lado destas grades existe um cravo perdido entre os jardins da ilusão,uma borboleta vestida com uma velha calça de jeans desbotada observa de longe minha tristeza.Queria voar,poder tocar o céu,como faz meu amigo dente de leão que baila pelo ar sem ter pressa de voltar pra casa,só que minhas asas foram cortadas há muito tempo atrás..Vejo o dia ir embora vestido de paletó e cachecol, ouço seus passos pelo barulho que faz quando seus pés deslizam sobre as folhas secas..A rua está vazia,não vejo crianças e nem o latido irritante dos cachorros,que francamente  ainda me traz a segurança e um pequeno conforto que ainda existe vida lá fora..por enquanto..
Estou preso em uma gaiola,mas minha gaiola não tem grades de verdade,nem porta ela tem,minha gaiola que vivo tem a cor pálida de um branco que confunde com neblina..Minha gaiola tem sonhos que me aprisiona,posso enxergar o horizonte todas as tardes,sinto o vento tocar e me acariciar sentido pena de mim..
Não quero fugir de onde estou,um dia espero voar e quem sabe encontrar meu ninho perdido...

16 de jun de 2011

Paraíso

Quando você passeia com aquela sua blusa azul pelo meu sonho é neste instante que começo a viajar;meus pés caminham entre flores dos campos Elísios,estou entre poetas,santos,heróis e deuses.Minha caminhada é longa,mato minha sede no rio do esquecimento,mas é impossível lhe esquecer,dizem que deve se ficar por aqui durante mil anos para que tudo terreno e da minha vida esquecer desapareça ,mas como se não posso ficar longe de você um só segundo.
Existe a possibilidade de voltar na forma de um animal,então quero ser uma borboleta e enfeitar seus cabelos ou ser pássaro e cantar durante todo o inverno...Aqui neste paraíso que me encontro não chove nem neva,tão pouco faz frio ou calor,terra distante no Oriente onde quero trazer você meu amor..
Não mereço está aqui de corpo e alma,deixaria meu espirito com você,quero que comigo contemple esta perpétua  luz rosa acompanhada deste vento suave...
Beberei as águas do rio Lete e voltarei para perto de você,a imagem do paraíso não é tão bela,se não tenho a ti para que este lugar receba o nome de paraíso...

8 de jun de 2011

Buraco Negro

Ultimamente um imenso vazio tem tomado conta de mim,sinto-me estranho é como eu fosse um barco a deriva em um oceano distante,perdido no frio de uma tempestade..Algumas coisas tem me feito tanta falta nestes dias,meu sorriso foi embora e nada deixou além deste olhar meu..
Um buraco-negro se fez dentro de mim,meu coração diminuiu tanto,restando apenas uma pequena fração dele,algum tanto tempo atrás havia tanto sentimento dentro dele que seria capaz de furar uma moeda ao meio,mas hoje mal posso ouvi-lo bater..As noites tem sido penosas e intermináveis,ouço aquele velho galho bater na janela toda noite..O que imagino faz minha cabeça doer, enjôos e muito frio me faz querer ir para um lugar distante..Alguns poucos sonhos são os mensageiros que me avisa que ainda estou vivo,este desejo inverso de querer a toda custa me fazer feliz me torna mais infeliz ainda..Tenho ainda uma pequena parte de você dentro de mim,uma pequena parte que sinto se acabar,desaparecendo e finalmente um dia deixar de existir,temo por este dia em que nada terei e além deste buraco enorme que tenho, a certeza que tudo que vivi foi apenas uma brincadeira..

3 de jun de 2011

Preciso lembrar de mim



Tu, minha morte em vida
Meu desapego de mim mesma.
Que me invade em memórias vivas, me tortura em uma saudade lasciva
Que me embriagou de teu cheiro e se foi após me tomar com paixão.

Tu, meu desassossego pleno
Minha falta de um adormecer sereno
Minha ânsia por um momento a mais
Minha completa falta de paz

Liberta meu coração desse cárcere
Deixa-me descobrir o que realmente é o amor
Leve contigo todas as esperanças
Permita-me descobrir outra emoção que não seja essa dor. 



31 de mai de 2011

Código de Barras

Por uma pequena barganha você pode levar o que tenho de mais precioso,se valer a pena farei em suaves prestações à perder de vista,como te perco de vista a cada dia.Mexa em sua bolsa,com certeza achará alguns centavos,não se importe comigo assim como me importo com você.
Troque de lugar comigo,verás que nos completamos,somos dois pesos iguais,duas medidas exatas,a face da mesma moeda,no campo da logística tudo é distribuido por igual entre nossos pensares e ações..Sou um mercador de ilusões,um comerciante de sonhos,ainda vivo de porta em porta,um pobre caixeiro viajante que vive a penabular  sem ter descanso em sua eterna viagem..Conte até dez,antes do sete terei ido,sairei por ai vendendo minha imaginação e um pobre coração remendado...

29 de mai de 2011

A dor de uma solidão

Te amo em pequenos suspiros,mas com a força de todo ar dos meus pulmões..
Te amo na madrugada solitária e fria,mas na esperança que o dia  me traga você...
Te amo em versos prontos e frases imperfeitas,mas na interpretação perfeita da minha paixão..
Te amo na sépia de uma saudade,mas em vivas cores de uma fotografia eterna que meu coração emoldurou..
Te amo em nossos nomes escritos com canivete no velho carvalho,mas com  a centelhas da lenha que aquece você..
Te amo no curto minuto de um grão que cai de ampulheta,mas a eternidade do tempo não estou longe de ti..
Te amo como na tempestade que molha seu suéter ,mas sendo a primavera que faz o Sol brilhar durante a noite.
Te amo enquanto esta dor dilacera meu espírito,mas sabendo que és meu bálsamo...
Te amo sabendo que não me amas..
Te amo nesta solidão...
Te amo nestas pequenas doses de veneno..
Te amo neste sono eterno chamado morte...

22 de mai de 2011

Utopia Perdida

De onde vem teus desejos,a vontade do impossível tem lhe tornado um pequeno monstro,trancado em seu mundo,ideias imagináveis povoam seu ego,o tempo passa sem se passar nada,seu monólogo e entediante ,tem as vezes visões do paraíso,fica a esperar por Deus..Na imensidão de sua angustia,nem repara que os anos se foram..Nem se lembra como é lá fora,apenas ouve as folhas caminhando..Seu sorriso foi levado embora,cansado em sua própria vida,inventa estórias de si mesmo,é um personagem que vive sempre a esperar,não se sabe o que e por quer e pra que..É um sátiro de sua própria pessoa,ridiculariza sua existência ,mas por detrás deste espetáculo,se sente o pior de todos os atores,no pé de uma arvore sem folhas,ensaia sua fala repetitiva,há um contexto de que tudo tem seu tempo,mas pra ele o tempo acabou,tudo tem sua hora,mas as  horas dele esqueceu,tudo tem seu lugar,mas ele se sente no lugar errado..Um sorriso foi perdido naquele rosto,a razão de viver se perdeu em algum lugar,dois meridianos separam sua vida das demais..Se sente como se um terrível virus tivesse tomado conta de toda humanidade e que nada mais tem importância,que nada mais tem valor e que em breve este vírus se esconderá no sótão de sua casa,esperando apenas que ele desça as  escadas,mas por enquanto ele espera,não há nada mais o que fazer apenas esperar e esperar..

19 de mai de 2011

EX-PERANÇA

Não sou um super-herói,apesar de querer ser,talvez meus desejos humanos e sentimentos mais humanos desaparecessem ..Quisera eu ter o poder de me tornar invisível e poder lhe acompanhar por toda parte,saber por andas,ver o seu sorriso com o canto da boca,te ver sentada no mirante e sem saber enquanto olha as luzes e a poluição da cidade,eu olho fixamente seus olhos castanhos..Viajar na velocidade da luz e girar a Terra e fazer o tempo voltar no mesmo dia e hora em que te vi pela primeira vez..Não teria um capa vermelha ou um cinto de utilidades,seria um herói que te amaria todos os dias,te mostraria minha identidade secreta e revelaria quem eu realmente sou..Poderia ver seu coração com minha visão de raio-x e e saberia se ele ainda bate por mim,mas como todo super-herói tenho um ponto fraco e que tira todas minhas forças,um elemento invisível chamado AMOR,que transfixa meu peito a prova de bala e fere minha alma..
Há tempos não posso voar,não sei mais o sabor das nuvens e nem o vento cortando meu rosto,a vida é feita de perdas e a que mais me dói e de ter lhe perdido,de saber que esteve em meus braços e como em um sonho você foi levada pela fria brisa do esquecimento..
Talvez amanhã eu não esteja mais no mesmo mundo que você,quem sabe amanhã os anjos me levem pra casa,o amanhã ainda não chegou,ainda tenho o hoje,e quando o trem do amanhã chegar,ainda hoje e só por hoje posso dizer que ainda te amo..

CADA CORPO UMA MELODIA - Gil Façanha

17 de mai de 2011

Cidade dos Anjos




Cidade dos Anjos
Abra suas asas para mim
Eu estive em outros lugares
Olhando para o meu sonho
Cidade do Oriente se move muito rápido
O sul demasiado lento
Eu não posso voltar ao meu passado
E eu preciso de algum lugar para crescer
Encontrar um lugar para mim
Em suas asas espaçosas 
É onde eu quero estar

5 de mai de 2011

Polissonografia

Minha mente está novamente em ameaça,de todas as formas querem saber o que penso e como penso,eletrodos são fixados em meu crânio,todos os meus devaneios estão ocultos em meu inconsciente,meu corpo é coberto de esparadrapos,tenho a sensação que meu corpo está sendo preparado para um cortejo fúnebre,agora estou sendo monitorado,cada pingo da minha respiração é medido em números digitais,meu pobre coração tem seu batimento em forma de bip...Não consigo me mexer,estou preso,sou uma mosca em uma teia de fios de todas as cores..Minha alma escapa por minhas narinas,estou no vale dos sonhos,me vejo perdido dentro de mim mesmo..Jamais saberão o que se passa por minha fértil mente,existe um labirinto onde nada e ninguém e capaz de entrar,a saída somente eu conheço,não tente voar como Ícaro,desta vez não será o Sol que enfeitiçara seus olhos,no imaginário do meu subconsicente  sou o às deste jogo,seja então Alice e eu o chapeleiro e viaje se tiver coragem.........

Template by:

Free Blog Templates