5 de mai de 2011

Polissonografia

Minha mente está novamente em ameaça,de todas as formas querem saber o que penso e como penso,eletrodos são fixados em meu crânio,todos os meus devaneios estão ocultos em meu inconsciente,meu corpo é coberto de esparadrapos,tenho a sensação que meu corpo está sendo preparado para um cortejo fúnebre,agora estou sendo monitorado,cada pingo da minha respiração é medido em números digitais,meu pobre coração tem seu batimento em forma de bip...Não consigo me mexer,estou preso,sou uma mosca em uma teia de fios de todas as cores..Minha alma escapa por minhas narinas,estou no vale dos sonhos,me vejo perdido dentro de mim mesmo..Jamais saberão o que se passa por minha fértil mente,existe um labirinto onde nada e ninguém e capaz de entrar,a saída somente eu conheço,não tente voar como Ícaro,desta vez não será o Sol que enfeitiçara seus olhos,no imaginário do meu subconsicente  sou o às deste jogo,seja então Alice e eu o chapeleiro e viaje se tiver coragem.........

Template by:

Free Blog Templates