9 de mar de 2013

Voltando Pra Mim

... Vou partir,levo comigo tão pouca coisa,já não tenho por que olhar pra trás,o horizonte que antes estava longe,agora o sinto ofuscar minha retina..Desamarro o embrulho que trago nas costas,me sento a sombra de uma árvore,o que trouxe é tão pouco e ao mesmo tempo tão valioso. Um amor impossível,um dor que se fez parte de mim e um sonho que nunca existiu..Não sei por onde seguir,caminho incerto,a sorte é meu guia.Quem sabe um dia eu volte.Aos meus pés folhas são pisadas,não deixo pegadas,nem ao menos marcas..Já estou tão longe..longe de mim.. Quem sabe um dia escrevo uma carta dizendo o quanto estou feliz,e ao receber esta carta a esperança deste eu,retornar pra casa

Template by:

Free Blog Templates