13 de jul de 2011

Lembranças e Estórias

Hoje pude sentir toda minha fragilidade,tudo de mim é lembranças e estórias,meu pequeno fardo sobrecarrega minhas costas,duvidas frequentes e eloquentes parecem não funcionarem mais...O quanto de mim joguei fora,o quanto de mim escorreu pelo ralo da pia?
Nem tudo é perfeito,pelo menos pra mim,tenho perdido coisas,que nem me fazem falta..Tenho perdido gente,as quais me fazem tanta falta,pelo menos nestes dias em que me acho como uma luva que somente é lembrada no inverno e passa todo ano em uma gaveta empoeirada..Chego temer pelo futuro,ele se entrega a mim,tão tenebroso e sombrio...Quero e necessito de carinho,da maneira mais condicional e intensa,quando tudo acabar e nada restar parece que terei a sensação que um imenso abismo me engolira e me puxará pelas pernas,enterrando-me até os joelhos e criarei raízes e o musgo verde será meu alimento e do  meu coração brotará um enorme e forte tronco e pelas paredes do quintal uma imensa trepadeira azul protegerá meu castelo de ilusões..l

1 comentários:

Karina - Frei-Sein disse...

Tocou fundo esse texto heim amigo!! Quem nunca se sentiu assim!!
E você como está? Como andam as coisas?

Template by:

Free Blog Templates