17 de mar de 2012

Sou Um Nada Pra você


Entre eu e você,existe uma parede de vidro,algo que nos separa,posso te ver todos os dias,mas não posso toca-la..Dois mundos,duas almas separadas por uma cortina de cristal,norte e sul;;Do meu lado chove,no meu jardim de acácias,não tem borboletas;elas estão junto de você..
O sol reflete através de nós,temos todo o mundo,cada estrela,cada flor,cada amanhecer,,Só não temos um ao outro,engano,não tenho você..Como posso querer algo,que a vida fez questão de me tirar..O que tenho além dos meus sonhos pobres,das minhas ilusões tempestivas?
Existe eu um ser sem você.Minhas mãos encostadas no vidro,a lágrima que faz desenhos..Minha vida ou que restou dela,é nada sem você é uma partícula  de átomo perdido na vastidão do cosmo,uma semente de girassol tentando nascer em um campo de centeio..
Nada quebra esta muralha de vidro que nos separa,queria apenas que me olhasse através do vidro,e como uma mágica meu corpo fosse engolido por um caleidoscópio..
Não sei se é paixão,ou atração,sei desta forma que faz meu coração se soltar pela gravidade do nada,ser arremessado contra este vidro para tentar quebra-lo..Nada adianta,você nunca me enxergaria,sou uma poeira que o aspirador levantou do criado mudo,sou uma pagina em branco que você não leu..Sou um livro perdido no metrô,que ninguém mais buscou..
Um moeda de um centavo,que ninguém percebe..
Queria ser algo pra você,quem sabe um pensamento,uma ânsia,um bem querer,uma folha mal me quer,um pensamento bobo,um olhada na paisagem,um sorriso...Qualquer coisa,mas na verdade não sou nada,sou teu espelho,que reflete apenas você,aquando seus olhos diz está apaixonado por outro alguém..

0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates