5 de set de 2014

AINDA ME LEMBRO

Afaga-me,segure minhas mãos,preciso tanto de ti,só por hoje fique uns minutos a mais,não deixe o escuro deste quarto me assustar.Me conte uma daquelas estórias,onde tudo é encantado..Veja o que guardei entre meu caderno de poesias,uma folha seca que caiu da nossa laranjeira.Hoje ventou pela tarde,e o bater da velha janela de madeira dava boas vindas a chuva de que tanto gosta.Enquanto recolhia as roupas do varal,vi seu rosto tão distante,e junto com ele estava meu coração.Não ti vi partir,não lhe ouvir dizer adeus,queria te ver ir,queria lhe ouvir.Ainda te amo,sei que quando o Sol beija o céu tens que partir..Quando sentir saudades de mim,novos sonhos para ti vou construir..

0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates