4 de jan de 2010

Ainda te amo..


Contei meu segredo mais intimo,desfolhei cada pagina de meu caderno para encontrar a poesia que havia feito para ti e não achei,perdida entre rascunhos borrados feitos papel de pão ,frases inacabadas com erros de português,escondida entre milhares de palavras iguais que apenas em ordem diferente se transformam em poema.Li uma por uma pra ver se a deixei passar,ao olhar cada página,percebo o quanto te amo,mas é um amor em palavras,apenas escritas,as vezes sentidas,outras fingidas.Eis que caída no chão lá está;a mais bela poesia.De principio é uma folha em branco,o mais belo poema,não tem rima,nem versos.Bate dentro do peito,escrito pelo coração,dita no silêncio,escrita na linha da vida de nós dois...

0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates