11 de set de 2010

REFLEXO

Acorde-me anjo, diga ao menos uma palavra, por onde esteve, senti sua falta hoje
Existe entre nós um muro límpido feito de vidro, dois mundos, duas dimensões.
Vejo onde tu moras é tão mágico, leve-me para seu mundo, não quero ficar no meu.
Nossas mãos sobrepostas, a junção perfeita, unidas como em uma oração...
Não me contemple assim, olhe minhas mãos que em vão tentam quebrar esta barreira
Lanço pedras e elas ao menos arranham esta vidraça que nos separam
Barreira indestrutível, feita de sonhos e de uma distância imperceptível
Se ao menos existisse uma porta a qual o vento abrisse e assim poderia lhe abraçar
As lágrimas que escorrem da minha face conseguem trincar o vidro, mas não quebrá-lo
Nossas almas transformam a transparência deste cristal em um prisma colorido de cores
As duas brincam de caleidoscópio e ao longe nos vêem dois corpos que apenas querem ficar juntos. Somente uma coisa poderá nos unir,lançarei meu coração e somente assim quebrarei este muro em mil pedaços de diamantes..E quando o Sol brilhar em cada fragmento,refletira enfim meu sorriso,seu sorriso..

0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates