13 de fev de 2011

Autonomia



Preciso me perder...
E me perdendo, me achar
E me cansando de buscar, encontrar o que sempre esteve aqui.

Preciso das perguntas, pra encaixar nas respostas
Que já me foram impostas quando não havia o que questionar.

Preciso preencher esse vazio
Que lotado de possibilidades, vive em seca de realizar.

Preciso sentar a beira do caminho
E quem sabe assim sozinho
Eu descubra uma nova estrada a caminhar.

Preciso seguir em frente
Mas que ninguém dependa da minha mente
Pra chegar a algum lugar.

Pois tentando decidir pra onde vou
Sem saber nem mesmo onde estou...
... Me perdi no ponto em que a paixão me deixou.


Gil Façanha

1 comentários:

Ronaldo disse...

Puro sentimento poesia..

Template by:

Free Blog Templates