10 de fev de 2011

CARTA DE UM ANJO TRISTE

Querido Deus, perdoe-me escrever esta carta com as estrelas que criastes,mandastes um dos seus querubim me buscar,apenas peço,não mande mais nenhum dos seus filhos nem mesmo,serafim,arcanjo me resgatar,nada me fará voltar pra casa,se queres saber a verdade,finalmente encontrei aquela que brilha mais que a Lua,aquela que as estrelas ficam vermelhas de ciúmes Se queres algo,leve as asas que me destes,do que adianta sentir o vento se não posso voar,pois é assim que me sinto,asas aladas que doem ,conheço o vento do norte,o calor do oriente,mas nada se compara ao toque das mãos de minha amada.Tu és Onipotente,mas meu poder de amar é maior,sua Onisciência não sabe o que sinto.Onipresente no tempo e no espaço,mas somente ela ocupa meu coração.Não quero o Éden,o cheiro de maçã da minha amada é o meu pecado e meu eterno paraiso.Me deste a imortalidade,mas prefiro morrer de saudades,então troco minha auréola,pelo anel que ela usa no dedo, seu sorriso brilha mais que o ouro..Fizeste amanhecer,para que eu não continuasse a escrever,fique então com suas estrelas,tenho uma só pra mim,uma estrela que sorrir acima destas palavras que este anjo sem asas ver cada pena cair e ver nascer um coração feliz..

P.S Deus um dia saberás,que tudo que fiz,vale cada lágrima que o senhor faz cair em forma de chuva,espero sua alegria quando a primavera chegar....

0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates