3 de fev de 2011

O que não posso ter...

Quero um Amor,não precisa ser hoje posso,esperar até amanhã,mas que venha depressa
Tenho tantas coisas pra contar,coisas que nunca disse pra ninguém...
Quero um Amor,que me ouça baixinho,que entenda as palavras mais difíceis e complique as mais fáceis..
Tenho andado falando sozinho,as vezes o silêncio machuca muito..
Quero um Amor que me faça esquecer do ontem,pois o hoje foi tão longo e quero logo esquecer..
Tenho feito dos meus dias,uma espera constante,sentado em uma cadeira de balanço vendo o tempo passar..
Quero um Amor em um pequeno espaço,pois a imensidão da solidão tem engolido diariamente meu ser..
Tenho a imaginação grande mas um coração pequeno feito criança,que ainda tem medo da chuva..
Quero um Amor que me liberte,que me faça sair do meu esconderijo,não gosto da cor do meu quarto.. 
Tenho uma esperança que olha para o nada esperando por não sei quem..
Quero um Amor que cure minhas dores,que seja um analgésico,que seja um bálsamo..
Tenho uma ferida aberta,que o soprar da simples brisa faz doer..
Quero me sentir vivo,só por um segundo sentir meu coração bater forte de alegria e não por medo..
Tenho mais esta noite,acredito ainda nos sonhos,ainda tenho fé.....Quero o que não posso ter..Quero uma única coisa,,Quem nem sei se mereço..Tenho tantas coisas,mas ao mesmo tempo não tenho nada...Tenho a chuva e os dias ensolarados que nunca passam..Tenho sem saber o que é ter..

1 comentários:

Cáh disse...

Pelo tanto de coisas boas, quem vier vai ser muito feliz!
Não seja tão composto de urgências como eu, isso só faz doer, acredite ;)


Um beijo

Template by:

Free Blog Templates