2 de fev de 2011

Eutanásia

Estou suspenso no ar,existe uma atmosfera estranha,meu corpo é uma rua deserta.não existe nem mendigos,nem aquelas que vendem seu corpo..O frio da madrugada gela meus ossos,é hora de partir.a vida desistiu de mim,rasgou todos seus planos e sonhos..O Amor tem a decisão sobre minha vida,não existe outra saída.não existe uma segunda chance,não existe o perdão,um simples botão fará meu coração parar de bater,em um segundo uma vida não terá sentido,num segundo minha alma estará percorrendo pelas alamedas do paraíso..Sinto o ar deixando meus pulmões.meu corpo já não se mexe,não sinto minhas pernas,como gostaria de correr para seus braços,minha mãos estão dormentes lembro do inverno em que elas congelavam de frio e você assoprava fazendo aquela fumaça no ar tentando me aquecer..
Meus pulsos cardíacos diminuem,minha boca seca,procura por seus beijos,dizem para nunca seguir a luz,mas seu brilho é tão lindo,se parece com uma supernova .O Amor decidiu  deixar meu corpo partir,agora posso descansar debaixo de um pé de laranjeira,se morre de amor ums só vez na vida e este dia chegou,sou agora um anjo de asas tortas que sente saudades do que nunca existiu...

2 comentários:

júlia disse...

está tão lindo :O

Cadinho RoCo disse...

Intenso demais.
Cadinho RoCo

Template by:

Free Blog Templates