22 de fev de 2012

A MENINA QUE MORA NA CASA DA ÁRVORE


Des pe da ço,limites da minha imaginação..
Te encontro num reino de fadas e ninfas.
Seus cabelos soltos pelo ar..
Seus olhos brilham ao ver um unicórnio..
Elfos se escondem com medo de sua beleza....
Tu sentas em uma pedra falante..
Fadas roubaram seu anel..
Além da casa da arvore existe um mundo mágico..
Toda floresta corre pra te receber..
Mas você não pertence a este mundo..
Você ver coisas que os outros não  podem ver..
Ouve coisas que os outros não ouvem.

Sente coisas que os outros não sente
E sabe de coisas que os outros não sabem
Você terá uma mão cheia de amigos,mas,muitas vezes estará só.
Você vai rir muito,chorará muito,ou ambas as coisas..
As coisas não são fáceis pra você;
Você é apenas uma mulher que jamais deixou de ser menina..

Que gosta de pensar que está em Paris..
Mas onde quer que exista espaço no nosso mundo de sonho..
Ainda existirá uma forte ligação..
Pontes,tuneis e portais;;
De vez enquanto um viajante perder-se-á na vastidão
E vai te encontrar no mundo verdadeiro..
Voltando no dia seguinte,
Para descobrir que passaram mais de cem anos..
Mas pra você foi apenas um dia..

1 comentários:

Sara Melyssa disse...

Essa poesia me fez chorar :( É muito linda, muito linda mesmo!

Template by:

Free Blog Templates